[et_pb_section bb_built=”1″][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.20.2″]

A bota de segurança é um dos equipamentos de proteção individual (EPI) mais utilizados pelos colaboradores. Ela tem como objetivo proteger os pés do profissional de qualquer objeto externo que possa comprometer a segurança, como pregos, chão escorregadio, queda de determinados materiais, entre outros. É um EPI de uso obrigatório e seu fornecimento deve ser de responsabilidade da empresa, além da conscientização dos funcionários de seu uso e de boas práticas para a sua higienização e durabilidade.

Mas como escolher a melhor bota de segurança para seus profissionais? Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você fique por dentro de algumas dicas práticas. Boa leitura!

Como escolher a melhor bota de segurança?

A seguir, confira algumas dicas essenciais para escolher a bota de segurança mais adequada para seus colaboradores. Veja!

1. Escolha bons fornecedores

A primeira preocupação para a compra de qualquer EPI, inclusive a bota de segurança, está relacionada à escolha de bons fornecedores. Para isso, opte por aquele que ofereça um bom custo-benefício, realizando um orçamento entre as principais empresas, mas sem deixar de lado a avaliação da qualidade do material. Lembre-se: não basta escolher um fornecedor que ofereça preços baixos, se a bota de segurança não apresentar resistência e nem mesmo dê a segurança necessária aos funcionários. 

Além disso, busque por uma empresa que tenha boas recomendações no mercado, e analise se os fornecedores e materiais pesquisados por você estão de acordo com as normas legais.

Tenha essa preocupação não apenas com a bota de segurança, mas com todos os EPIs comprados pela sua organização: escolha uma empresa que ofereça suporte técnico sempre que necessário, dando apoio e auxiliando a sua equipe em situações adversas.

Ao seguir essas dicas, você já deu um importante passo para adquirir botas de segurança de qualidade para seus profissionais!

2. Avalie os riscos da empresa

mapa de riscos de uma empresa deve ser priorizado sempre que a organização buscar entender quais são os equipamentos de proteção individual necessários para os colaboradores.

Com o objetivo de que ele seja feito de maneira eficiente, é preciso conhecer todo o processo de trabalho da sua empresa, identificar os principais riscos observados nos locais analisados, indicar as medidas preventivas existentes — o que inclui quais são os EPIs necessários —, além de detectar quais identificadores de saúde precisam de atenção.

Todas essas medidas serão efetivas para avaliar qual é o tipo de material mais adequado, quais as medidas — além da bota de segurança — devem ser tomadas para garantir a integridade dos funcionários, além de estar por dentro da legislação e evitar processos trabalhistas no que se refere à segurança do trabalho. 

3. Saiba quais são os principais materiais da bota de segurança

Ao escolher seus fornecedores e avaliar quais são os riscos existentes em sua empresa, chegou o momento de conhecer mais a fundo sobre os principais materiais da bota de segurança. Para isso, iniciaremos explicando sobre a “anatomia” desse calçado.

O cabedal desse tipo de EPI está relacionado à sua parte externa, local mais visível e onde está presente o cadarço, quando é existente. Seu principal objetivo é proteger o funcionário contra a queda de materiais com temperatura elevada, de produtos químicos que oferecem riscos ao entrar em contato com a pele do colaborador, além da proteção de choques e umidade.

A biqueira fica na parte dianteira da bota, que pode ser confeccionada em metal ou composite. Ela protege, principalmente, da queda de objetos cortantes e pesados. O solado, como o próprio nome já diz, fica na parte de baixo da bota e pode ser feito em PVC ou poliuretano. Tem como objetivo oferecer proteção aos profissionais em relação a quedas, objetos perfurantes e cortantes, além da umidade do ambiente e de choques elétricos. 

Para saber quais são os materiais mais indicados aos seus colaboradores, é preciso entender sobre as suas necessidades e os riscos oferecidos. Assim, você escolherá por aqueles que mais garantirão a proteção física dos pés. 

4. Conheça as botas de PVC

Em ambientes que oferecem um risco relativamente leve ao profissional, as botas de PVC podem ser uma alternativa a ser considerada. Elas são indicadas, principalmente, para locais muito úmidos, uma vez que mantêm os pés dos funcionários secos e livres de qualquer tipo de contato com a água.

Ela, também, é conhecida como bota de borracha, sendo um EPI importantíssimo para oferecer mais comodidade para o trabalhador, além de resguardá-lo de possíveis implicações relacionadas à umidade. 

5. Verifique se a bota de segurança possui CA

Por fim, lembre-se de verificar se a bota de segurança possui Certificado de Aprovação (CA), uma vez que ele é de obrigatoriedade para qualquer EPI oferecido pela sua organização. O certificado tem como objetivo analisar se aquele equipamento tem condições de oferecer segurança ao funcionário.

A credenciação tem validade máxima de 5 anos. Caso o material tenha validade de 2 anos, significa que a sua análise foi feita em laboratórios fora de nosso país. 

Qual a importância de conscientizar colaboradores sobre o uso do EPI? 

É preciso entender que, além de oferecer aos colaboradores os equipamentos de proteção individual, existe a necessidade de conscientizá-los quanto ao uso adequado. Também é preciso alertá-los sobre a importância de higienizar os itens de maneira adequada, pois contribuirá para que o material consiga oferecer a segurança exigida, além de garantir a durabilidade da bota e de outros EPIs. 

Ofereça treinamentos, palestras, dê materiais educativos, além de selecionar colaboradores que já estão há mais tempo em sua organização para conscientizar os funcionários recém-chegados e que ainda estão se adaptando à rotina de trabalho. Assim, você terá a certeza de que está seguindo os parâmetros exigidos pela lei, evitando prejuízos financeiros e oferecendo proteção às pessoas que trabalham em seu negócio. 

Neste conteúdo, você pôde entender quais são as principais dicas para oferecer a bota de segurança mais adequada aos seus profissionais, além de entender sobre a importância de elaborar um mapa de risco e de conhecer fornecedores que sejam tradicionais no mercado. Saiba que oferecer os EPIs obrigatórios aos seus funcionários permite uma redução de custos para a sua organização e retém talentos em sua empresa, uma vez que os profissionais se sentirão acolhidos e saberão que o negócio se preocupa com a sua integridade.

Ficou interessado em conhecer um fornecedor de qualidade que ofereça esses produtos? Entre em contato com a gente!

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *