Em um canteiro de obras, os riscos de acidentes de trabalho são altos. Fiação elétrica exposta, objetos e/ou ferramentas pontiagudos, terrenos irregulares, máquinas de grande porte e buracos são só alguns dos exemplos que estão presentes no ambiente da construção civil. É aí que entra a importância das placas de sinalização de obras: evitar acidentes.

Além de proporcionar cautela e atenção, tanto para os trabalhadores quanto para os visitantes, as placas são um meio de comunicação visual eficaz para transmitir uma mensagem de maneira rápida e harmônica a todo indivíduo.

As placas nunca devem ser ignoradas, pois são por meio delas que acidentes facilmente podem ser evitados. Basta uma advertência rápida em frases e/ou figuras, para entender a mensagem a ser passada. Está interessado em saber quais são as principais placas de sinalização de obras e qual a sua importância? Então, acompanhe a leitura deste artigo e tire suas dúvidas!

Os cuidados em um canteiro de obras

Na construção civil, os canteiros de obras são deficitários em organização e estrutura, fato que exige bastante atenção dos trabalhadores para evitar acidentes. Pensando nisso, é extremamente importante que os responsáveis pelo local da construção façam a sinalização de segurança.

As placas têm o intuito de alertar os profissionais sobre os riscos de acidentes e evitar, assim, danos a eles, aos transeuntes e, até mesmo, ao patrimônio. Todas as pessoas que frequentam esses ambientes devem ser advertidas sobre a importância do uso dos EPIs e informadas, ainda, sobre os cuidados que devem ter quando presentes na obra.

As orientações sobre os espaços dos canteiros são descritas na Norma Regulamentadora de número 18 – NR 18, que trata das condições de trabalho no campo de construção, bem como da regulação a respeito do meio ambiente.

As placas de sinalização de obras são eleitas para estabelecer uma comunicação direta entre os profissionais que trabalham nas construções. É sugerido utilizar imagens e poucas palavras, uma vez que, quanto mais objetiva for a mensagem transmitida, mais rápido será o entendimento.

É necessário ficar atento também aos excessos, pois um lugar com muita sinalização tende a ser repetitivo e pode fazer com que os trabalhadores não prestem muita atenção aos símbolos ou às palavras.

As placas devem, ainda, ser posicionadas em locais que garantam uma visibilidade sem a necessidade de iluminação, para que todos entendam com facilidade. Também é fundamental que as empresas invistam em materiais de qualidade, para evitar defeitos.

As principais placas de sinalização

De acordo com a Norma Regulamentadora número 26 – NR 26, na construção civil, as placas de sinalização de obras devem seguir um padrão de cores específico que indica o uso dos tons de acordo com o risco e, ainda, organizar as indicações visuais existentes. Vejamos alguns exemplos:

  • sinalização de perigo: reporta unicamente perigos específicos;
  • sinalização de precaução: indica possíveis perigos ou exercícios inseguros;
  • sinalização de instrução de segurança: traz informações de caráter geral, usadas quando não for possível alertar, de outra maneira, sobre os perigos existentes.

Em relação às cores, para compreender rapidamente a mensagem que se quer transmitir sem confusão, temos os seguintes significados:

  • vermelho: indica sinal de proibição; perigo; alarme; material e equipamento de combate a incêndio;
  • amarelo ou laranja: indicam sinal de aviso; atenção; precaução;
  • azul: indica sinal de obrigação; comportamento específico; obrigação de uso dos equipamentos de proteção individual;
  • verde: indica sinal de socorro ou salvamento e situação de segurança.

Por fim, dentre as principais placas de sinalização da construção civil, podemos citar:

  • Cuidado: homens trabalhando;
  • Perigo: afaste-se;
  • Atenção: área em construção;
  • Atenção: obrigatório o uso de óculos de segurança;
  • Saída de emergência;
  • Uso obrigatório dos equipamentos de proteção individual;
  • Perigo: choque elétrico;
  • Perigo: alta tensão;
  • Aviso: terreno perigoso;
  • Aviso: obrigatório o uso de calçado de segurança;
  • Atenção: piso molhado.

A importância das placas de sinalização

O intuito de se ter uma área bem sinalizada é transmitir aos empregados, de forma bem objetiva, as informações desejadas, facilitando a comunicação. Um campo de obras bem sinalizado previne acidentes no ambiente de trabalho, conforme já foi falado.

As placas de sinalização de obras têm vários objetivos e, dentre eles, podemos citar:

  • identificar locais de apoio que fazem parte do canteiro;
  • mostrar rotas de saídas com setas de indicação;
  • advertir sobre o perigo de acidentes no contato com máquinas e/ou equipamentos;
  • informar sobre a obrigação do uso dos Equipamentos de Proteção Individual – EPIs específicos para as atividades executadas, com as devidas advertências próximas ao local de trabalho dos empregados;
  • identificar os acessos, a circulação de veículos e os equipamentos na obra;
  • demarcar locais em que haja substâncias nocivas e de altos riscos de acidentes;
  • identificar locais com substâncias tóxicas, inflamáveis, corrosivas, radioativas e/ou explosivas.

Por fim, vale lembrar que é obrigatório o uso do colete refletivo na região do tórax e das costas, quando o empregado estiver trabalhando em vias públicas, bem como sinalizando acessos ao canteiro de obras ou em movimentação no transporte de materiais. As sinalizações nas vias públicas são direcionadas a alertar os motoristas, os pedestres e os próprios trabalhadores quanto aos riscos existentes naquele local.

É necessário frisar, ainda, que as empresas que não cumprem as determinações apontadas pela NR 18 podem sofrer multas e até ter a obra em construção embargada. Já em relação aos trabalhadores, a norma regulamentadora também aponta que eles podem sofrer advertências, se não respeitadas as leis trabalhistas.

Nesse último caso, sempre que for provado que o desrespeito às regras de sinalização de segurança trouxe exposição a risco grave e iminente do ambiente de trabalho e dos outros colegas de profissão, o trabalhador poderá sofrer as consequências devidas. 

A responsabilidade de sinalizar as áreas de riscos é de todos os colaboradores. Envolver a equipe de trabalho para uma atuação em conjunto a fim de prevenir acidentes é louvável, já que o serviço em equipe se faz bem mais eficaz. Quando o assunto é segurança, nada pode ser negligenciado.

Por isso, entender e estar atento às placas de sinalização de obras é tão importante para conservar a integridade física de todos os envolvidos, desde os funcionários até os visitantes da construção civil.

Agora que você já entendeu quais as principais placas de sinalização de obras, sabe quais são seus objetivos e a importância que elas têm em um campo da construção civil, assine nossa newsletter e acompanhe os conteúdos que temos para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *