Toda empresa que fornece equipamentos de proteção individual precisa ter um estoque bem organizado. Afinal, os EPIs são responsáveis pela segurança dos colaboradores e a qualidade de vida no ambiente laboral.

Por isso, o responsável pela compra dos EPIs deve realizar a gestão do estoque para garantir que todos os colaboradores estarão seguros para exercer suas funções. Dessa maneira, a fiscalização é uma ferramenta de ouro quando o assunto é uma gestão eficiente.

No entanto é muito comum encontrar empresas que não fazem a gestão de estoque para controlar os EPIs ou até mesmo cometem erros banais. Pensando nisso, elaboramos este artigo com 6 dicas para fazer o controle dos equipamentos de proteção individual. Continue acompanhando! 

O que é a gestão de estoque de EPIs? 

A gestão de estoque de equipamentos de proteção individual se caracteriza pela organização de todos os dispositivos referentes à segurança dos colaboradores. Por meio da supervisão de todos os EPIs é possível garantir que a empresa está disponibilizando os dispositivos de segurança adequados para cada função desempenhada. 

Com isso, é possível assegurar os direitos trabalhistas previstos pela NR 6, além de evitar possíveis ações judiciais devido à falta dos EPIS. 

Para efetuar uma gestão de estoque de EPIS eficiente, é fundamental disponibilizar um formulário no momento da retirada do dispositivo do estoque. Esse documento deve conter a data de entrega, o Certificado de Aprovação (CA), a descrição completa do equipamento, o fabricante e outras informações que você julgar necessárias para o controle. 

Além disso, é imprescindível informar os colaboradores sobre a responsabilidade de utilização correta, armazenamento e conservação dos EPIs utilizados. 

Como fazer a gestão de estoque de EPIs?

Agora que você já sabe o que é a gestão de estoque, continue lendo para conferir 6 dicas para o controle dos EPIs.  

1. Faça previsão da demanda 

É praticamente impossível fazer uma gestão de estoque de EPIS eficiente sem antes elaborar a previsão da demanda por dispositivos de segurança da sua empresa. 

Antes de efetuar a compra de novos EPIs, é imprescindível analisar se a quantidade já existente não é capaz de suportar a demanda dos seus colaboradores. Além disso, também é importante fazer um controle de todos os dispositivos de segurança que entram e saem do seu estoque. 

Afinal, não é possível avaliar se a disponibilização de equipamentos de proteção individual está sendo eficiente sem entender as necessidades e os riscos do ambiente laboral. 

2. Crie um inventário 

Após entender a demanda por dispositivos de segurança da sua empresa, chegou a hora de criar um inventário com o relatório de todos os EPIs do estoque. Lembre-se de que a organização é um fator fundamental para uma gestão de estoque eficiente. 

Por isso, após mapear todos os equipamentos de proteção individual, é necessário identificar a melhor forma de organizá-los dentro do estoque. Seja por meio de caixas, seja em estantes — o importante é manter tudo organizado. 

Outra dica importante é: sempre crie relatórios dos equipamentos que estão sendo utilizados, os que estão no estoque e os que precisam ser renovados. Também é importante ressaltar que é imprescindível instruir os colaboradores sobre como preencher esses relatórios corretamente. 

3. Automatize a gestão de estoque de EPIs

Uma das principais alternativas para efetuar a gestão de estoque eficiente é a automatização, uma vez que ela integra todas as informações sobre os equipamentos de proteção individual em um só lugar.

Dessa maneira, é possível otimizar e agilizar os processos referentes ao armazenamento dos dispositivos de segurança. Além disso, também é possível controlar o estado de conservação dos EPIs, validade e, principalmente, agilizar a previsão da demanda. 

Para garantir que o sistema funcione corretamente é importante instruir os colaboradores sobre as funcionalidades do software que você escolheu. 

4. Acompanhe a validade de certos produtos 

Todo produto comercializado recebe um prazo de validade, e com os EPIs não é diferente. Por isso, o Certificado de Aprovação (CA) fornece a data de validade de todos os dispositivos de segurança.

Por isso, o profissional responsável pela compra dos dispositivos de segurança também deve acompanhar a validade de todos os equipamentos de proteção individual. Com isso, é possível planejar as trocas com antecedência. 

Dessa maneira, em uma gestão de estoque eficiente, é de extrema importância acompanhar de perto a validade dos EPIs. 

5. Crie um bom relacionamento com o seu fornecedor 

Os fornecedores de equipamentos de proteção individual desempenham uma função importante para diversos negócios. Afinal, a qualidade dos produtos e serviços dos fornecedores é imprescindível para garantir a integridade física dos colaboradores. 

Por isso, o mais indicado é cultivar essa relação da melhor forma possível, visando uma parceria duradoura e benéfica para ambos os lados.

Assim, fica mais fácil negociar prazos e formas de pagamento, além de contribuir para descontos. 

6. Faça reuniões periodicamente 

Organizar reuniões periodicamente é uma excelente alternativa para conscientizar sobre a importância da gestão de estoque para o controle dos EPIs. Também é válido ressaltar as formas corretas de armazenagem e utilização dos dispositivos de segurança. 

É possível organizar reuniões presenciais ou no ambiente online, seja na intranet da empresa ou canais de comunicação, como o e-mail ou Whatsapp. Aproveite para criar murais e cartazes informativos para facilitar o entendimento sobre o controle de estoque de EPIs e a cultura de prevenção de acidentes na empresa. 

Essas foram as 6 dicas de gestão de estoque para controlar os EPIs na empresa de maneira eficiente. Ao implementar todas as estratégias deste artigo é possível: 

  • criar um estoque que é atualizado constantemente; 
  • reduzir as perdas de EPIs por furto, má utilização ou deterioração; 
  • garantir economia para a empresa, devido à compra de EPIs da maneira mais adequada; 
  • diminuir erros por meio da automatização.

Portanto não perca tempo e coloque todas as dicas em prática o mais rápido possível. Afinal, estamos falando da segurança dos colaboradores, da qualidade de vida no ambiente laboral e da otimização na organização dos equipamentos de proteção individual da sua empresa. 

Gostou das nossas dicas? Aproveite, então, para compartilhá-las em suas redes sociais e deixar seus amigos a par de como realizar melhor a gestão de estoque de EPIs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *